quarta-feira, 9 de março de 2011

A morte de MC Felipe Boladão e DJ Felipe


Esta postagem também foi feita por mim no extinto blog Peroxas, ela é antiga, mas serve para os interessados no assunto saberem um pouco mais do acontecido.

Trata-se da morte prematura de dois promissores nomes que representavam o Funk do estado de São Paulo: Felipe Wellington da Silva Cruz, mais conhecido por MC Felipe Boladão e de Felipe da Silva Gomes, conhecido como DJ Felipe.

Meu Deus, como eu queria que fosse um pesadelo. Triste, revoltado, eu entro em desespero... ♫
(Trecho da música "A viagem")

Felipe Boladão (camiseta vermelha) morava em São Vicente e Felipe da Silva (camiseta verde) na Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ambos tinham vinte anos de idade quando foram assassinados. DJ Felipe era o DJ do MC Felipe Boladão, eles faziam shows juntos e eram grandes amigos.

Estavam indo para mais um baile funk na cidade de São Paulo, quando suas jovens carreiras e vidas foram interrompidas para sempre.

Parentes dizem que o MC comunicou a sua familia que algo poderia acontecer com ele, e se despediu de vários deles. O único jeito de sobrevier era se ele conseguisse um carro e viajasse até Guarulhos.

A policia ainda investiga a morte dos dois, que até agora está sem explicação. A namorada do DJ deu a sua opinião e disse que isso se trata de inveja, pois a carreira dele estava decolando e ele estava muito feliz.

O crime ocorreu na noite do sabádo, dia 10 de Abril de 2010, por volta das 23:30, na Rua A, em frente ao número 351, na Vila Glória, onde o DJ Felipe morava. Enquanto o MC e o DJ aguardavam a carona, dois indivíduos em uma moto de cor escura pararam no local.

O garupa, que trajava jaqueta preta e verde e estava de capacete, desceu do veículo e disparou contra os dois. A pessoa que dirigia a moto também estava de capacete. As vítimas chegaram a ser socorridas, mas faleceram no caminho ao Pronto Socorro Central.


Nóis leva a vida no sorriso mesmo passando sufoco... ♫
(Trecho da música "Residência dos Loucos")

Ricardo Amorim de Sousa, amigo de ambos também estava no local e teve ferimentos leves. De acordo com ele, os tiros eram para matar "apenas" o MC e o DJ. Ele conseguiu fugir e se esconder em um canal. Após os demais disparos, a dupla da moto fugiu no sentido do terminal Tude Bastos.

No dia seguinte, várias homenagens já haviam sido postadas no Youtube, Orkut e outros sites. Ato que veio se multiplicando em grande escala nos anos seguintes a fatalidade.

Felipe Boladão era conhecido pelas suas letras, sempre conscientes. As de maior sucesso são "Tá díficil", "Residência dos Loucos 1 e 2", "A viagem", "Um anjo me disse", "Town e Country (Tony Coutry)" e "Quero do boldo".

Mesmo passando-se anos de sua morte, o MC também chamado de FB pelos fãs ainda é um grande sucesso, tendo várias de suas músicas regravadas e cantadas em shows por incontáveis MC's por todo o Brasil. Felipe Boladão é considerado por muitos, principalmente internamente na cena do funk, o melhor MC que o Funk já teve. Como o próprio já cantava a anos atrás: 'Nasceu pra ser estrela não morre ofuscado'.

Apoio: https://www.facebook.com/MalocaMusicas
(Pablo Silva. Texto editado em 2014)

-->